sábado, 14 de fevereiro de 2015

UCI divulga percursos das provas de estrada e contra relógio para 2016.




Atletas vão pedalar por locais famosos do Rio de Janeiro, como Ipanema e Copacabana
A União Internacional de Ciclismo (UCI, em inglês) divulgou nesta terça-feira (09.12) os percursos das provas de estrada e de contra relógio do ciclismo para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.
A prova de estrada começará e terminará no Parque do Flamengo e terá um percurso de 256,4 km para os homens e 130,3 km para as mulheres. Os atletas vão passar por diversos pontos da capital fluminense, como Copacabana, Ipanema, Barra, praia da Reserva e Grumari.

Foto: Reprodução/UCI
Foto: Reprodução/UCI#Circuito da prova de estrada, com largada e chegada no Parque do Flamengo
Circuito da prova de estrada, com largada e chegada no Parque do Flamengo


O circuito de Grumari também será utilizado para as provas de contra relógio em 2016. Com 29,8 km de extensão, o percurso começa e termina na Praia do Pontal. Os homens vão realizar duas voltas no circuito, enquanto no feminino as atletas completarão uma volta.
Durante a prova de estrada, os homens terão que realizar quatro voltas no circuito de Grumari, enquanto as mulheres apenas uma. Além disso, haverá também o circuito Canoas/Vista Chinesa, no Parque Nacional da Tijuca, com três voltas para os homens e uma para as mulheres.

Foto: Reprodução/UCI
Foto: Reprodução/UCI#Circuito de Grumari, que vai receber as provas de contra-relógio
Circuito de Grumari, que vai receber as provas de contra-relógio


A prova de estrada masculina será realizada no sábado, 6 de agosto de 2016, enquanto a feminina ocorre no domingo, 7 de agosto de 2016. Já o contra relógio será disputado no masculino e no feminino em 10 de agosto de 2016.
“A UCI vem trabalhando de perto com o Comitê Organizador e o prefeito Eduardo Paes nos percursos por um bom tempo e estou feliz por termos chegado a um acordo. A prova de estrada passará por alguns dos cartões postais mais icônicos do Rio de Janeiro com pontos que vão ser um desafio para os atletas”, comentou o presidente da UCI, Brian Cookson, ao site da entidade.
“A prova de estrada tem um histórico de incorporar cartões postais e o Rio não será uma exceção. Os olhos do mundo vão ver os melhores ciclistas passar por locais bastante conhecidos como Copacabana e Ipanema”, detalhou Eduardo Paes. “Estou muito satisfeito por termos finalizado as rotas a pouco menos de dois anos dos Jogos. Tenho certeza que os percursos vão oferecer vistas incríveis para os atletas, para os espectadores e para a TV”, acrescentou Agberto Guimarães, diretor de esportes do Comitê Rio 2016.

Brasil 2016, com informações da UCI


M.M.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.