domingo, 7 de fevereiro de 2016

Capacete Inteligente para ciclistas vence prémio escolar.

Um capacete inteligente para ciclistas foi um dos mais de 500 projetos selecionados pelo programa Ciência na Escola, a que concorrerem estabelecimentos de ensino de todo o país, num total de 1.044 projetos.
Externato Oliveira Martins
O projecto foi apresentado por alunos do Grupo de escolas Oliveira Martins, sediadas em Ovar e Espinho, e irá receber, como cada um dos restantes premiados, uma verba de 500 euros para apoiar o seu desenvolvimento.
A inovação consiste num “dispositivo de baixo custo e de pequenas dimensões” que poderá ser adaptado aos capacetes convencionais dos ciclistas e detectará paragens bruscas ou quedas do utilizador.
“Caso exista uma paragem repentina ou o ciclista fique numa posição horizontal inativa durante algum tempo, o dispositivo irá conectar-se ao telemóvel do ciclista enviando uma mensagem para um número predefinido alertando para a eventual possibilidade de ocorrência de um acidente, podendo ainda facultar a informação da sua georreferenciação através de uma mensagem escrita”, explica o comunicado do grupo escolar que anuncia ter recebido, no total, oito prémios desta edição do concurso Ciência na Escola.
Duas luzes indicadoras de mudança de direção integram ainda o equipamento, sendo acionadas com um simples movimento de cabeça do ciclista para o lado em que pretende seguir.
O concurso Ciência na Escola é promovido pela Fundação Ilídio Pinho e tem como critérios de avaliação das candidaturas a inovação e a criatividade das proposta face ao mercado, o planeamento dos procedimentos para obtenção dos produtos, a relevância pedagógica das matérias envolvidas, o potencial do seu impacte social e a sua viabilidade.
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.