domingo, 24 de junho de 2018

GNR e PSP com mais elementos dão confiança para Verão «ainda mais seguro» no Algarve

33 novas equipas do Corpo de Intervenção da Unidade Especial de Polícia, com 390 polícias, e cerca de 200 militares da GNR vão reforçar a presença destas forças de segurança no Algarve, durante o Verão. Nesse período, a população na região aumenta, devido ao turismo, mas Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, está confiante de que «vamos ter um Algarve ainda mais seguro». 
Esta quinta-feira, 21 de Junho, começou, de forma oficial, o Verão e, por isso, não havia melhor data para apresentar a nova edição do programa “Algarve Seguro”, cujo objetivo é reforçar os meios humanos e materiais das forças e serviços de segurança.
Para o Verão deste ano, está previsto o reforço da PSP com 33 equipas do Corpo de Intervenção da Unidade Especial de Polícia, a atuarem até 23 de Setembro, em Portimão e Tavira, assim como a vinda de quatro equipas de Prevenção e Reação Imediata, para Faro e Portimão. Em Vila Real de Santo António, Tavira, Olhão, Lagos e no Aeroporto de Faro, haverá ainda ciclo-patrulhas.
Ao efetivo de 879 agentes do Comando Distrital de Operações de Faro da PSP, podem vir-se a juntar mais meios humanos de outras unidades de polícia, sempre que isso se justificar.
Quanto à GNR, terá cerca de 200 militares em reforço permanente, no Algarve, apoiados por 19 viaturas, cinco equipas cinotécnicas e quatro de patrulha a cavalo.
Até 15 de Setembro, a Guarda Nacional Republicana vai também intensificar o patrulhamento em locais de grandes festas, como o Festival MED e a Concentração Motard de Faro. Este ano, voltam ainda as patrulhas conjuntas entre militares portugueses e espanhóis.
Em Portugal, essas patrulhas vão estar em Quarteira, Altura e Monte Gordo, e, em Espanha, nas localidades de Ayamonte, Isla Cristina e Lepe. Quanto a Albufeira, terá patrulhamento feito com agentes portugueses e franceses, da Gendarmerie nationale.
Quanto ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), já tem, desde 1 de Junho, um reforço de 32% do efetivo de inspetores da Direção Regional do Algarve. Também as delegações de Albufeira, Portimão e Tavira vão ter um reforço de 60% no número de inspetores.
Já o Aeroporto de Faro conta com um reforço de 50% do número de inspetores no controlo de fronteira de primeira linha.
Apesar deste aumento das forças de segurança no Algarve, durante o Verão, Rogério Bacalhau, presidente da Câmara de Faro, presente na sessão, revelou estar «com ansiedade e na expetativa se todos os meios são suficientes». É, que defendeu, o «Algarve não é só Verão», tendo pedido a «especial atenção do Governo para esta matéria».
Mais tarde, na sua intervenção, Eduardo Cabrita respondeu dizendo que o compromisso do executivo «com o Algarve é para todo o ano». «Queremos que o Algarve seja uma componente decisiva naquilo que é hoje a imagem de Portugal: um país marcado por indicadores elevadíssimos de segurança», acrescentou.
Segundo o ministro, a região tem, nessa imagem de segurança que está vinculada a Portugal, um «papel essencial». Por isso, relembrou, «se 2017 foi um belíssimo ano do turismo no Algarve, temos a certeza de que a imagem de segurança contribuiu para esse resultado».
Aos jornalistas, à margem da sessão, Eduardo Cabrita disse que o reforço de meios, assim como o «empenho da Proteção Civil», no âmbito do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), o faz estar confiante de que «vamos ter um Algarve ainda mais seguro».
O governante revelou também que, até 2019, há «6 milhões de euros para investir, em quase todos os concelhos do Algarve, em infraestruturas da GNR e PSP». Além disto, a partir de Agosto, haverá a renovação do «parque de viaturas» de ambas as forças de segurança.
Nesta sessão de apresentação do “Algarve Seguro”, foram ainda celebrados três contratos-locais de segurança: um com a Associação Humanitária dos Bombeiros de Portimão, para o projeto “Reviver o Bairro”, outros com a Fundação António Aleixo (projeto “Caminhos”) e com a Santa Casa da Misericórdia de Silves (projeto “O Meu Bairro”).
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.