sábado, 7 de setembro de 2019

6 cuidados a ter com os travões de disco das bicicletas

Nem só de aros e pneus vivem as nossas bicicletas e um dos aspectos fundamentais para que pedales da melhor forma são os travões. 
Resultado de imagem para 6 cuidados a ter com os travões de disco das bicicletas
Para além de te conferirem um percurso mais tranquilo enquanto estás a treinar ou a passear, também te fazem sentir mais seguro. 
Descobre os cuidados a ter com os travões da tua bicicleta para que a tua performance seja ainda melhor!


1. É importante que nunca utilizes líquido de travões se os teus travões levam óleo mineral
Esse líquido terá um efeito corrosivo e irá danificar qualquer parte constituinte do travão que seja de plástico e não esteja devidamente preparada para receber este abrasivo.
2. Nos travões da tua bicicleta, podes recorrer ao uso de líquidos de travão ou óleo mineral para carros ou motas
No entanto, é recomendável que uses produtos específicos para BTT, para que a garantia se mantenha válida.
3. É estritamente proibido que mistures líquidos de travões com graduação diferente! Para uma melhor preservação dos teus travões, o melhor é optares pelo líquido com a graduação indicada pelo fabricante do material, pois a utilização de um produto incorrecto pode comprometer a durabilidade dos travões e a segurança do teu percurso.
4. Nunca deves tocar nos travões de disco! 
Nem mesmo com luvas. 
O toque nos discos remove o líquido dos travões e compromete a superfície de travagem, contaminando-a
Do mesmo modo, o toque nos discos propicia que as pastilhas dos travões resvalem, tornando a capacidade de retenção e travagem mais reduzidas.
5. Nunca ultrapasses o limite de aperto dos parafusos do disco pois, devido ao reduzido tamanho das roscas, estes parafusos saltam com muita facilidade. 
Uma dica útil é utilizares uma chave curta para limitar o consequente efeito de alavanca.
6. Engordurar a corrente ou outra qualquer parte da tua bicicleta requer o máximo cuidado, pois este processo, no caso de não ser meticuloso o suficiente, tenderá a contaminar os discos ou as pastilhas. 
Sabias que se salpicares os discos com uma gota de óleo já não os poderás voltar a utilizar?
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.