domingo, 4 de agosto de 2013

29er versus 26.

29er versus 26" em Btt - O que escolher?

Com a aparição generalizada de modelos 29er no mercado, desde meados de 2011, por parte da maioria dos fabricantes de bicicletas de montanha, e vendo os resultados de alguns modelos em competição actualmente, o debate continua na ordem do dia nos fóruns ou em grupos de amigos relacionados com a bicicleta de montanha. 


Apesar deste tempo todo em discussão, ainda não existe uma resposta considerada correcta e abrangente, porque cada ciclista tem as suas necessidades e a sua opinião muito pessoal. O objectivo deste artigo é tentar dar a compreender o debate actual existente entre os defensores das 29er vs 26 polegadas no mundo do Btt. 

Este tema é provavelmente o mais debatido na indústria das bikes nos últimos tempos, e cada um tem a sua própria opinião e pensa que é a mais correcta. Analisemos as vantagens e inconvenientes de cada opção e vejamos o resultado. 


Bicicleta 29er. Qual é o problema? 

Antes de nos debruçarmos sobre a explicação da melhor bicicleta para cada utilizador, observa-se desde logo que o tamanho da roda é maior e vejamos que estas polegadas afectam a bicicleta de montanha de uma forma geral. 


Vantagens de uma 29er:

- Passa por cima das rochas e raízes com mais facilidade devido ao maior diâmetro da roda. 

- Tem uma distância maior percorrida por volta de pedal. Será o mesmo que dizer, para uma cadência igual, maior distância percorrida. 

- Há maior volume de ar nos pneus. Os pneus de 29 polegadas tem uma maior superfície de contacto com o solo devido ao seu maior diâmetro e por esta razão os fabricantes de bicicletas de passeio, converteram esta medida como stander para aquele tipo de bicicletas. No mundo da competição as rodas maiores também têm benefícios em estrada, no entanto hoje em dia é fácil ver este tipo de modelos na maioria das competições em Btt. 


Desvantagens de uma 29er:

- Um maior tamanho é igual a maior peso, se falamos de componentes de gama equivalentes entre ambas versões de roda (29 e 26). 

- Mais difícil de manobrar em pistas estreitas e íngremes, principalmente em travessias de longa distância, em que o relevo seja muito pronunciado. 

- Tem um percurso maior daí as 29er parecerem gigantescas. 

- Por tamanho e geometria, uma 29er não é muito adequada para ciclistas de baixa estatura. 

Quando se fala em mudanças, existem sempre as vantagens e os inconvenientes. Provavelmente os "fanáticos" das 29er acreditam que as desvantagens não serão assim tão grandes e acentuadas, mas na realidade, uma roda 29er é maior, logo se não houver mudanças positivas relativamente a uma de 26”, haverá de certeza aspectos negativos. 


26” vs 29er. Qual a melhor? 

Na hora de decisão entre uma bicicleta de montanha de 26” e uma 29er, existem várias questões a ter em conta antes de tomar uma resolução. Como tudo, não há uma resposta correcta que se ajuste a todos os utilizadores. Como usamos a bicicleta e como queremos que reaja? Esta é a pergunta que devemos fazer e não devemos guiar-nos pelo que se diz que é o melhor ou porque o nosso amigo também comprou à pouco tempo. 


Quanto medes? 

Numa 29er, a distância desde a nossa cabeça ao solo, aumenta. Como o tamanho da roda é maior, na realidade chega a ser mais proporcional à nossa estatura. Os ciclistas de maior estatura serão os mais adequados para este tipo de bicicletas. Talvez encontrem uma bicicleta que se ajusta perfeitamente ao seu corpo e se adaptem na perfeição a ela. 

Os ciclistas mais baixos ou de menor estatura, terão que levar em conta mais seriamente o tamanho dos quadros 29er, assim como ao escolher a geometria do quadro que melhor se adapte à sua estatura. Poderia dar-se o caso que a bicicleta fique demasiado grande e não sejamos capaz de manejá-la correctamente. O melhor mesmo, se tivermos oportunidade, é experimentar diferentes modelos 29er, até encontrar (se possível) a melhor que se adapte ao nosso tamanho. 

Ciclistas altos: SIM 

Ciclistas baixos: TALVEZ 


Que curso de suspensão necessitas? 

Na teoria, uma 29er adiciona somente uma polegada à suspensão, no entanto, na prática existe uma grande diferença se se usam suspensões de 120, 140 e 160mm de curso. Com barras mais “grossas” e com uma construção mais robusta para as suspensões com maior curso, podem marcar uma grande diferença nos ciclistas que gostem de descidas e do freeride. 

Se tivermos uma suspensão com um curso de 140 ou 160mm numa bicicleta 26”, uma bicicleta 29er com 120mm não terá a mesma rigidez e confiança na sua construção a partir do ponto de vista de componentes. Além disso, à medida que o passeio se torna cada vez mais extenso, a 29er sente-se cada vez “maior” e menos controlável, por isso não é aconselhável para os amantes de downhill e freeride “extreme”. 

No entanto, se olharmos para um curso entre os 120 e 140mm, numa bicicleta de 26”, e 120mm numa de 29er, o percurso em termos de conforto pode ser ideal para os nossos propósitos. Se a nossa estatura média ou alta, a 29er é ideal para ultrapassar raízes e pedras, sem o seu aumento de peso em termos de montagem. 

Em pequenas tiradas, com uma suspensão de apenas 100mm de curso, ou mesmo sem suspensão (rígida), na 29er é desejável. 


Resumindo:

Rígida ou até 100mm, em pequenas tiradas: SIM 

De 120 a 130mm de curso: SIM 

140mm de curso: TALVEZ 

160mm de curso: NÃO 


Que tipo de trilhos costumas fazer? 

Como mencionado anteriormente, bicicletas de montanha 29er são mais difícieis de manobrar em trilhos apertados e sinuosos. Se costumamos sair em estradões sinuosos, com vegetação, é aconselhável experimentar uma 29er nesses mesmos percursos antes de tomar uma decisão. 


Qual a bike ideal para mim?

Depois de reler todas as opções acima, de facto chega-se facilmente a uma conclusão. Depende apenas de nós mesmos e tendo em conta a nossa estatura e estilo de andamento, é o que nos pode ajudar na decisão e escolher o tamanho da roda. 

Não existe uma opção válida para todos e o tamanho de uma roda 29er tem algumas vantagens muito importantes em determinadas situações, mas no entanto algumas desvantagens. 

A melhor escolha: Tentar testar um modelo de bicicleta que à partida gostamos no tamanho 26” e testar a candidata em 29er, se estiver disponível. Caso contrário, procura um modelo similar de 29 polegadas e testá-la nas mesmas condições de trilhos. Afinal de contas, somos nós que gastamos os nossos euros numa bike nova e temos que garantir que o modelo e tamanho escolhido é ao nosso estilo. 

Por outro lado, se os nossos trilhos são geralmente “abertos” e com caminhos pedrogosos, a 29er pode marcar diferença e termos um andamento mais vivo, esquivando-se das pedras e pequenas saliências com mais facilidade. Será neste tipo de trilhos que tentaríamos escolher uma 29er, mas de certeza que suaremos. 

Estreita e sinuosa: TALVEZ 

Abertos e pedregosos: SIM 

Rápido e racing: SIM
 
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.