terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Pinto da Costa: «Vamos dando as pedaladas certas»

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, afirmou este sábado que um dos objetivos da recém-criada equipa de ciclismo do clube passa por participar em provas internacionais da modalidade.

A garantia foi deixada pelo líder do emblema azul e branco na apresentação oficial da equipa W52/FC Porto/Porto Canal, que decorreu no museu do clube nortenho, na qual marcaram presença os 12 corredores que vão integrar a formação.

"Temos de começar pelas estradas portuguesas, mas o objetivo é também ir correr para estradas de outros países", disse o dirigente, embora vincando que é necessário um percurso de evolução cauteloso.

"Vamos fazer as coisas no seu tempo, dando as pedaladas certas, e não queremos cortar a meta antes de passar pelas estradas. Um dos objetivos é termos também acesso às provas internacionais", completou.

Pinto da Costa referiu que voltar a ter uma equipa de ciclismo de dragão ao peito era um sonho seu, mas também "o sonho de muita gente por esse país fora".

"Ainda hoje encontro em localidades bem longe da cidade do Porto pessoas que me dizem gostarem do FC Porto por causa do ciclismo, porque viam passar os nossos grandes campeões, e ganharam uma afeição e um elo de ligação ao clube", sublinhou.

O presidente do emblema da Invicta mostrou a convicção de que o regresso do FC Porto ao ciclismo será duradouro, considerando que foi encontrado o parceiro certo para este desafio.

"Tive desde início com Adriano Quintanilha [principal patrocinador da equipa] um relacionamento exemplar. Foi o parceiro ideal para termos esta relação, estou certo que este projeto vai perdurar além do contrato que assinámos", vincou Pinto da Costa.

O proprietário da marca W52 mostrou igual convicção, confessando ser uma "honra participar nesta parceria", garantindo "empenho da equipa para dar alegria aos associados e adeptos do FC Porto pelas estradas de Portugal".

Isso mesmo vincou também Nuno Ribeiro, diretor desportivo da equipa, de quem Pinto da Costa confessou ser o seu corredor de eleição quando este ainda competia.

"Como portista fico muito orgulhoso de ouvir essas palavras, e prometo agora, em outras funções, dignificar ao máximo a camisola do FC Porto", garantiu o técnico.

Como porta-voz dos ciclistas da equipa, o espanhol Gustavo Veloso, vencedor das duas últimas edições da Volta a Portugal, assegurou que "todo o grupo sente a responsabilidade de envergar o símbolo do FC Porto", e garantiu uma "equipa experiente e com espírito vencedor".

Nesta apresentação da W52/FC Porto/Porto Canal já esteve integrado o mais recente reforço da equipa, o corredor algarvio Ricardo Mestre, ex-Team Tavira, que, aos 33 anos, e contando já no currículo com um triunfo na Volta a Portugal, vem conferir mais experiência à equipa.

Além de Gustavo Veloso e Ricardo Mestre, integram a formação António Carvalho, Daniel Freitas, João Rodrigues, Joaquim Silva, Juan Perez Martin, Rafael Reis, Raul Alarcon, Rui Vinhas, Samuel Caldeira e Ángel Rebolido.

MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.