domingo, 7 de fevereiro de 2016

Álcool, tabaco e soníferos mais usados que doping, diz médico da Katusha.

A ingestão de álcool, o tabaco e os medicamentos para dormir afetam mais os ciclistas do que o doping, considera o médico da equipa russa Katusha, onde corre o português Tiago Machado e tem como diretor desportivo o antigo ciclista nacional José Azevedo.
Luca Paolini
Massimo Besnati fez as declarações numa entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport depois de ser conhecido o teste positivo de cocaína a um dos sprinters da sua equipa, Luca Paolini, que justificou o recurso àquela droga com a dependência que tem dos sedativos para conseguir dormir.
“Eu seria mentiroso se dissesse que o doping acabou, mas agora o uso de medicamentos para dormir é pior, já que o seu uso é mais amplo.
O que piora as coisas é misturar com álcool, o que causa um efeito explosivo.
É terrível”, considerou o médico italiano, que confirmou conhecer a dependência do ciclista italiano em relação aos soníferos, embora garanta que se recusou prescrever remédios a Paolini.
No caso do álcool, revelou que o problema maior está entre os ciclistas mais jovens. “Eles bebem muito”, confessou.
O médico acrescentou que antes os corredores usavam produtos médicos como a testosterona sintética para acelerar a recuperação da fadiga nas provas longas por etapas, que duram três semanas, como é o caso das voltas a França, Itália e Espanha.
Contudo, com o apertar do controlo anti-doping, os atletas passaram a recorrer aos medicamentos para induzir o sono para conseguirem descansar melhor.
”Quando estamos muito cansados, não conseguimos dormir.
Olhe para eles na terceira semana de uma grande volta.
Estão só pele e osso”, exemplificou o médico.
Massimo Besnati
No caso do tabaco, Massimo Besnati contou que é usado em pó e colocado pelos ciclistas nas gengivas, que ficam vermelhas e inchadas pelo uso contínuo.
Tem um efeito estimulante e não deve ser ignorado pelas autoridades que controlam o ciclismo, atendendo ao seu efeito viciante e às caraterísticas cancerígenas, que ser seja fumado ou usado de qualquer outra forma, advertiu.
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.