domingo, 7 de fevereiro de 2016

Pedalar sobre as águas do Cávado

Ponte sobre o Cávado
(Fotos: Câmara de Esposende)
(Fotos: Câmara de Esposende)

Vai ser o mais parecido que existe com pedalar sobre as águas sem molhar as rodas.
Para isso está a ser construída uma ponte que permitirá a travessia do rio Cávado aos participantes no 14.º Encontro Luso-Galaico de BTT , que decorre em Esposende a 23 e 24 de abril.
A estrutura ficará assente em flutuadores, que suportarão um conjunto de estrados de madeira com 1,5 metros de largura e um comprimento total de 100 metros, a distância entre as duas margens do rio em Barca do Lago, onde será instalada, nos arredores de Esposende, contou, o coordenador da área do desporto no município local, Carlos Mota.
A solução, usada há alguns anos noutras duas edições do evento desportivo internacional, evita que os ciclistas tenham que passar por duas vezes na ponte rodoviária existente nas proximidades de Esposende, permitindo assim que na ida usem uma travessia e no regresso a outra.
Da última vez, a solução usada (como mostram as fotos) assentou em caiaques, mas desta vez a estrutura  deverá recorrer a um sistema de flutuadores em matéria plástica que poderá voltar a ser usado no futuro, para a prova de BTT ou noutras situações, acrescentou o mesmo responsável.
Carlos Mota disse que a organização aguarda cerca de 3000 participantes na edição deste ano, 300 dos quais vindos da vizinha província espanhola da Galiza, que tem o nome integrado na designação do encontro, organizado pela Câmara Municipal de Esposende.
Ao todo, o encontro tem quatro provas. A maratona extreme, com 200 quilómetros divididos por duas etapas, que se cumprem a 23 e 24 e levarão os corredores de Esposende à Póvoa de Lanhoso num dia e regresso no outro; a maratona, com 70 quilómetros, no dia 24, com partida e chegada em Esposende, tal como a meia-maratona de 45 quilómetros.
No dia 23 decorre o passeio júnior, com 25 quilómetros, que apesar do nome terá caráter familiar e pretende desafiar os pais e avós a acompanharem os ciclistas mais novos.
Em: p.pt
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.