segunda-feira, 6 de junho de 2016

Sense lança surpreendente linha de bikes desenvolvidas no Brasil e com excelentes preços.

Aqui em Manaus, no evento de lançamento da linha 2017 da Sense Bikes.
E fiquei bastante impressionado com os produtos que a marca está disponibilizando para o mercado.
Tivemos a oportunidade de visitar a fábrica da marca aqui no Polo Industrial de Manaus.
Estrutura que foi feita através de um investimento de 35 milhões de reais e que conta com tecnologias de ponta para a fabricação de bicicletas.
Sense_Fabrica
A Sense está no mercado de Bikes elétricas desde 2009, mas só tinha dois modelos de MTBikes, que não tinham muita expressão no mercado.
Só que agora, eles lançaram uma linha com um total de sete modelos.
O criador dessas bikes foi um Francês chamado Pierre de Tarde, ele está há um ano morando no Brasil e vem trabalhando no desenvolvimento desses novos quadros. Isso é um grande diferencial. Todas as marcas brasileiras de bikes, até hoje, utilizam projetos não desenvolvidos em casa para fazer as suas bikes. E esses modelos da Sense foram feitos pela própria Sense, com exceção do modelo da bike de estrada, mas eu explico isso melhor depois.
A Shimano fez uma parceria com a Sense no desenvolvimento dessas bikes, então, as bikes usam Grupos Shimano.
Eu vou fazer um resumo rápido aqui sobre as bikes e depois vou fazer uma matéria específica sobre as que eu achei mais interessantes.
Active
A Active é uma bicicleta voltada para a Mobilidade Urbana, mas com um conceito bem interessante. É uma bicicleta com um quadro feito de alumínio 6061, projetado para ser ágil, com traseira curta e triângulo dianteiro longo. Sloop para deixar a bike mais confortável, com rodas 700C (ou aro 29), o que deixa a bicicleta com um bom rendimento para altas velocidades. E com pneus compatíveis com terra, caso você precise pegar um trecho não asfaltado.
Sense_Bikes_01
O guiador de MTB e freios a disco dão estabilidade e a bicicleta tem um peso compatível com a sua configuração, 13,6Kg.
A ideia é ser uma bike urbana, só que bonita e com uma estrutura que a permita andar rápido com facilidade.
A Sense quer comercializar essa bicicleta por até R$ 2.300. Ela tem 24 marchas e opções de tamanho 17 e 19.
Rock 29
Essa é a bike de entrada de MTB da nova linha. Eu gostei muito do acabamento da bicicleta. De acordo com o Henrique Ribeiro, Presidente da Sense, eles quiseram desenvolver bicicletas bonitas, com acessórios combinando pintura diferenciada, para que o ciclista se sinta bem ao pedalar.
Sense_Bikes_16
A Rock é uma HardTail com uma geometria agressiva, com traseira curta (chain-stay de 455mm) e angulação de caixa de direção de 69,3º.
Eles retiraram a travessas da traseira da bicicleta, deixando o visual mais Clean e todos os componentes (Pintura, rodas, selim, manoplas e etc), combinam com o grafismo da bike.
O acabamento da solda é muito bem feito e todas as bikes estão passando por um processo de teste com uma máquina de ciclos de estresse, que atende aos padrões europeus de qualidade de quadros.
Sense_Bikes_18
O quadro pesa 1,8kg, no tamanho 17 e a bike toda pesa 14kg (com pedal). Isso equipada com Shimano Altus e suspensão Suntour XCE30 e freios Shimano Hidráulicos (M310). Ela pode vir na cor laranja ou azul.
As opções de tamanho são: 15, 17 e 19 e o valor de venda final será de R$2.900
Impact Pro
A Impact é o modelo top de alumínio da Sense. Ela vem equipada com Shimano Alívio (modelo novo, que já tem pedivela integrado) de 27 marchas, com cassete 12-36T e coroas 22/30/40.
Sense_Bikes_19
O quadro é de aluminio 6061, hidroformado e com solda Flat, que tem um acabamento bem legal. A solda é realmente muito bem feita. Tivemos a oportunidade de ver como ela é feita na fábrica. O quadro também tem uma geometria bem agressiva e a traseira é tão curta, que o seat tube teve que ter sido modificado para caber a roda traseira.
Sense_Bikes_21
A suspensão é a Suntour XCE 32 com trava no guidão e ajuste de retorno. As rodas são montadas aqui mesmo na fábrica da Sense (assim como as outras bikes que citamos anteriormente). O aro é o Vzan Extreme e o cubo é o Alivio. Uma coisa que chamou bastante atenção é o pneu, que é o Vittoria Saguaro, que é um pneu bastante caro.
Ela pesa 13,8kg e o preço final da bicicleta é de R$3.990
Bikes de Carbono
Para desenvolver as bikes de carbono, a Sense fechou uma parceria com a empresa Swift Carbon, que tem vasta experiência em desenvolver quadros de carbono. Eles trabalharam juntamente com a Sense para averiguar qual seria a melhor malha de carbono para atender as necessidades das bicicletas.
O projeto então é enviado para as fábricas de carbono e os quadros são feitos de acordo com o design feito pela Sense e as características do carbono definidas pela Swift.
Impact Carbon
Essa é a bike Top de Carbono para mountain bike Hard Tail da Sense. Quadro com apenas 1,2kg e algumas características interessantes. O triângulo traseiro da bicicleta é bastante compacto e, como podem ver na foto, esse quadro tamanho 17, parece um 15.
Sense_Bikes_12
A traseira também é curta e os seat stays são extremamente finos, para aumentar o conforto da bicicleta, aumentando a complacência vertical. Isso é compensado com um reforço no downtube, chainstay e caixa de centro PF30 para que a bike não perca rigidez lateral.
O quadro é feito com malhas de carbono T700 e T800, que são umas das melhores do mundo e com Nano-Tecnologia em sua construção, que são polímeros colocados entre as malhas do carbono e aumentam a resistência contra impactos do quadro em até 30%.
Sense_Bikes_13
Ela vem equipada com Mesa Ritchey WCS, grupo Shimano XT 1×11 (11-42T) e uma excelente suspensão DT Swiss OPL de 100mm, com trava remota, com eixo de 15mm na frente e 12mm atrás. As rodas tubeless tem os raios são Europeus e o cubo é o DT Swiss 370. Os pneus são os excelentes Vittoria Mezcal 2,25 (o novo modelo, com tecnologia grapheno)
Sense_Bikes_15
Os componentes são TOP. Guidão (Trail), canote de selim e mesa (WCS) Ritchey e o Selim é San Marco.
Sense_Bikes_14
Ela pesa 9,5kg sem pedal e com câmaras de ar. O preço é de R$14.990. De acordo com eles, R$10 mil mais barato do que as concorrentes com configuração semelhante.
Invictus
A Full-Suspension desenvolvida 100% pela Sense. Essa bike ficou bem interessante. Ela também vem equipada com Shimano XT 1×11, mas é compatível até com Di2 (única dessa linha, compatível com eletrônico).
Sense_Bikes_02
A suspensão dianteira também é a OPL da DT Swiss e a traseira é a DT Swiss X313. A trava no guidão comanda as duas suspensões ao mesmo tempo, sendo que ela tem três estágios: Open, Drive e Lock. A suspensão fica na posição horizontal.
Sense_Bikes_04
O link da suspensão é de carbono e de acordo com a Sense, eles terão todos os componentes de reposição, como rolamentos dos links etc em estoque o tempo todo para reposição.
Sense_Bikes_08
Com eixos de 15mm na frente e 12mm atrás e os pneus são os mesmos da Impact Carbon, os Vittoria Mezcal.
Sense_Bikes_03
Uma coisa bem interessante é uma capa de carbono que a bicicleta tem no downtube, que pode ser retirada soltando três parafusos, que permite que o cabo freio fique protegido, mas não passe por dentro do quadro, facilitando a manutenção, mas não perdendo o visual.
Sense_Bikes_07
Sense_Bikes_06
Ela pesa 10,5kg com essa configuração e vai custar R$22.900. Um custo benefício impressionante.
Prologue
A bike de estrada da Sense. Esse quadro foi desenvolvido pela Swift e compartilhado exclusivamente com a Sense.
Sense_Bikes_09
O quadro pesa 1kg e a geometria é mista. Feita para se ter uma boa agilidade, mas não despreza o conforto. Assim como a Impact Carbon, ela tem os seatstays finos, para aumentar a complacência.
Ela vem totalmente equipada com 105 e rodas RS330 da Shimano, que já vem montadas.
Sense_Bikes_10
O movimento central é o PF BB86 e o carbono é o mesmo das MTBikes: T800 e T700 com NanoTech e os componentes são Ritchey e selim San Marco.
Sense_Bikes_11
Os tamanhos disponíveis serão o 50,52,54,56. No tamanho 54, ela pesa 7,8kg e vai custar R$11.990
Em:  Sense Bikes.
MM

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.